Privacidade de Segurança

Temos o compromisso com a privacidade e a segurança de nossos clientes durante todo o processo de navegação e compra pelo Parceiro Ambev. Os dados cadastrais dos clientes não são vendidos, trocados ou divulgados para terceiros, exceto quando essas informações são necessárias para o processo de entrega, para cobrança, ou para participação em promoções solicitadas pelos clientes. Seus dados pessoais são peça fundamental para que seu pedido chegue em segurança, na sua casa, de acordo com nosso prazo de entrega. O Parceiro Ambev utiliza cookies e informações de sua navegação (sessão do browser) com o objetivo de traçar um perfil do público que visita o site e aperfeiçoar sempre nossos serviços, produtos, conteúdos e garantir as melhores ofertas e promoções para você. Durante todo este processo mantemos suas informações em sigilo absoluto. Vale lembrar que seus dados são registrados pelo Parceiro Ambev de forma automatizada, dispensando manipulação humana. Para que estes dados permaneçam intactos, nós desaconselhamos expressamente a divulgação de sua senha a terceiros, mesmo a amigos e parentes. As alterações sobre nossa política de privacidade serão devidamente informadas neste espaço.

Nota Fiscal Eletrônica

Como visualizar a NF-e?

Acesse o site www.nfe.fazenda.gov.br, abra o menu "Serviços", em seguida clique em "Consultar NF-e Completa" e siga as instruções de preenchimento com a chave de acesso, disponível no DANFE recebido com o pedido.

Como obter a 2ª via da NF-e?

- Acesse MEUS PEDIDOS 

- Selecione o pedido que deseja emitir a NF

- Clicar no botão “2ª via nota”

Qual o objetivo da NF-e?

O objetivo é implantar um modelo nacional de documento fiscal eletrônico que possa substituir o sistema atual de emissão do documento fiscal em papel, com validade jurídica garantida pela assinatura digital do remetente. O novo modelo simplifica as obrigações acessórias dos contribuintes e permite o acompanhamento das operações comerciais pelo Fisco, em tempo real.

Como verificar a validade da assinatura digital e a autenticidade da NF-e?

Após o recebimento da NF-e, a Secretaria da Fazenda disponibilizará consulta na Internet para que o destinatário e outros legítimos interessados que detenham a chave de acesso do documento eletrônico possam verificar sua autorização e conteúdo. Este mesmo arquivo (NF-e) será ainda transmitido pela Secretaria de Fazenda para a Receita Federal, que será o repositório nacional de todas as NF-e emitidas e, no caso de uma operação interestadual, também para a Secretaria de Fazenda de destino da operação. A validade da assinatura digital e a autenticidade do arquivo digital ficarão vinculadas à efetiva existência da NF-e nos arquivos das administrações tributárias envolvidas no processo, comprovadas através da emissão da Autorização de Uso, que pode ser consultada pelo destinatário da NF-e.

Como verificar a concessão da autorização de uso da NF-e?

Acesse www.nfe.fazenda.gov.br e clique em Consulta Resumo de uma Nota Fiscal Eletrônica. Digite a chave de acesso da Nota Fiscal Eletrônica, encontrada no DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica, impresso e entregue ao destinatário junto com a mercadoria). O campo Situação Atual deve estar preenchido como AUTORIZADO. O emitente e o destinatário da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) deverão conservar a NF-e em arquivo digital pelo prazo previsto na legislação, para apresentação ao fisco quando solicitado, e utilizar o código 55 na escrituração da NF-e para identificar o modelo. Caso o cliente não seja credenciado a emitir NF-e, alternativamente à conservação do arquivo digital já mencionada, ele poderá conservar o DANFE relativo à NF-e e efetuar a escrituração da NF-e com base nas informações contidas no DANFE, desde que feitas as verificações citadas acima. Atenção: relativamente às operações em que seja obrigatória a emissão da NF-e, o destinatário deverá exigir a sua emissão, sendo vedada a recepção de mercadoria cujo transporte tenha sido acompanhado por outro documento fiscal, ressalvada a hipótese prevista na emissão de DANFE em formulário de segurança, devido a problemas técnicos na emissão da NF-e.

O que é a NF-e?

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços ocorrida entre as partes. Sua validade jurídica é garantida pela assinatura digital do remetente (garantia de autoria e de integridade) e pela recepção, pelo Fisco, do documento eletrônico, antes da ocorrência do fato gerador.

O que muda com a inclusão da NF-e?

Para acompanhar o trânsito da mercadoria será impressa uma representação gráfica simplificada da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), em papel comum, em única via, que conterá impressa, em destaque, a chave de acesso para consulta da NF-e na Internet e um código de barras bidimensional que facilitará a captura e a confirmação de informações da NF-e pelas unidades fiscais. A principal mudança para os destinatários da NF-e, sejam eles emissores ou não deste documento, é a obrigação de verificar a validade da assinatura digital e a autenticidade do arquivo digital, bem como a concessão da Autorização de Uso da NF-e mediante consulta eletrônica os sites das secretarias de Fazenda ou ao Portal Nacional da Nota Fiscal Eletrônica (www.nfe.fazenda.gov.br).

Como visualizar o IMEI no site da Receita Federal?

Acesse o site www.nfe.fazenda.gov.br, abra o menu "Serviços", em seguida clique em "Consultar NF-e Completa" e siga as instruções de preenchimento com a chave de acesso, disponível no DANFE recebido com o pedido. Na tela de consulta, clique na guia "Inf. Adicionais". O número do IMEI estará disponível em "Informações Complementares de Interesse do Contribuinte".